Cacoal - Agente penitenciário tenta atirar com arma após brigar com amigo
Terça, 12 de Setembro de 2017 - Atualizado as 09h37min

Um agente penitenciário de 37 anos pressionou o gatilho de uma arma de fogo após se envolver em uma briga com um amigo, de 23 anos, nesta segunda-feira (11), em Cacoal (RO). Ao conseguir desarmar o agente, os policiais militares descobriram que a arma estava sem munição. Durante a abordagem dos envolvidos, os policiais precisaram fazer um disparo de carabina calibre 12, de munição não letal, para conter o suspeito e a vítima.

Conforme registro policial, os agentes foram chamados no local, pois estava ocorrendo uma briga entre família.

Quando chegaram, os policiais encontraram o jovem de 23 anos alterado, sendo necessário o uso de força física para algemar o rapaz. Enquanto os policiais tentavam conter o jovem, o agente penitenciário sacou um revólver calibre 38, apontou para cima e pressionou o gatilho.

Um dos policiais que estava atendendo a ocorrência viu a ação e desarmou o homem, sendo que a arma estava sem munição.

Neste momento o homem se apresentou como agente penitenciário e disse que trabalha em Porto Velho. Ele contou que estava em Cacoal e como é amigo da família foi beber em um bar com o jovem de 23 anos.

Aos policiais, o agente penitenciário contou que a discussão começou após ele abraçar o jovem e a mão dele atingir o rosto do rapaz.

Após a briga, os dois retornaram para a casa do rapaz e entraram em vias de fato.

As munições da arma do agente foram retiradas pela mãe do jovem, que a guardou dentro de uma gaveta. Os policiais apreenderam cinco munições deflagradas e duas picotadas.

Versão da vítima

Já o rapaz contou aos policiais militares que estava junto com o agente ingerindo bebidas alcoólicas em um bar e na sequência o homem atirou no meio das pernas, e foi isso que motivou a discussão e agressões.

Diante da confusão, houve aglomeração de pessoas no local e os policiais precisaram fazer um disparo de arma de fogo no chão, com munição não letal para conter os ânimos. Ninguém foi atingido.

O agente penitenciário e o amigo foram conduzidos a Delegacia de Polícia Civil, onde ficaram à disposição da justiça.

  • Fonte: G1/RO
Publicidade
loading... Carregando conteúdo...

Digite aqui seus comentários.

Reload the CAPTCHA codeSpeak the CAPTCHA code
 
Publicidade